Pesquisa do Sebrae direciona futuros empreendedores aposentados

Uma pesquisa realizada pelo Sebrae aponta para o empreendedorismo na terceira idade, como uma forma de gerar renda e sustento para quem não tem mais expectativas de voltar para o mercado de trabalho. Dados da pesquisa mostram que 70% das pessoas entrevistadas enxergam no empreendedorismo a possibilidade de constituírem renda após as portas do mercado de trabalho se fecharem.

“Ter uma empresa depois de se aposentar é uma das maneiras que o brasileiro tem encontrado para ajudar a pagar as contas e ter mais conforto”, diz Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae. Segundo a pesquisa, ter um próprio negócio tendo como maior objetivo para manter a cabeça ocupada na aposentadoria, é a opinião de 21% dos participantes da pesquisa. Domingos diz que pensar em empreender na aposentadoria é ótimo para o aposentado, sua família e para a economia do país, mas ele deverá se capacitar antes e estar atento aos desafios de ser um empresário.

A pesquisa apontou para a parcela de 60% dos entrevistados que desejam constituir um próprio negócio no setor de Comércio e 30% que desejam empreender no setor de Serviços assim que estiverem aposentados. Quando o assunto é o ramo de atividade empreendedora pretendido após a aposentadoria, 25% dos participantes pretendem a área de alimentação. O número de entrevistados que desejam ser donos de uma loja é de 7%. Ser consultor aparece com 4,3% da pretensão de empreendedorismo dos entrevistados.

Em relação a capacitação citada por Domingos, 64% dos entrevistados pretendem se instruir antes de se tornarem empreendedores após se aposentarem. Em vista disso, o Sebrae oferece um espaço em seu portal através do link informativo, trazendo diversas informações para os interessados em se qualificar no mundo empreendedor após a aposentadoria.

Essas e outras iniciativas, fazem do Sebrae um dos maiores defensores do empreendedorismo no Brasil. São vários projetos e cursos oferecidos pelo Sebrae, que em 2017, completa 45 anos de existência. Desde a sua criação, o Sebrae conseguiu fazer a inclusão de várias empresas oferecendo para elas formalização, apoio técnico e especializado, estratégias para expansão, melhores condições de competitividade no mercado, entre outros benefícios. As micro e pequenas empresas são o grande foco do Sebrae.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *