A jornada empreendedora no Brasil possui histórico de sucesso, mas exige informação e capacitação.

Empreender é a palavra da vez. E tem sido destaque nos últimos anos. Segundo uma pesquisa realizada pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), a taxa de empreendedorismo no Brasil chega à 38%, o que significa que em torno de 52 milhões de brasileiros possuem um negócio próprio no país. Estes são dados de março de 2019 e demonstram grande potencial dos brasileiros para alcançar sua dependência financeira.

Essa crescente vem se consolidando principalmente entre os jovens. Segundo informações do SEBRAE, brasileiros entre 25 e 34 anos representam um total de 30,5% da população empreendedora do país, que ou estão montando empresas ou já as tem com pelo menos três anos de atividade.

Em momentos de crise, o empreendedorismo se mostra como alternativa, ou até mesmo solução final para complementar a renda e até mesmo desbancar de vez em uma nova profissão. Iniciativas do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) ajudam novatos no mundo dos negócios a se profissionalizarem através de cursos online gratuitos, orientações presenciais para a elaboração de planos de negócios, pesquisas de mercado e burocracia jurídica necessária para a abertura de empresas. O serviço é local e propõem uma consultoria direcionada à cidade do proponente/interessado, o que garante uma assistência especializada para cada necessidade. Sem contar na biblioteca digital disponibilizada no site oficial, com dicas de negócios de A à Z.

Outro fator importante para quem está em busca de um novo negócio, são as fontes de informação de empreendedorismo. Canais como a revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios (https://revistapegn.globo.com/Empreendedorismo/) e Revista Exame (https://exame.abril.com.br/noticias-sobre/empreendedorismo/) trazem uma centena de milhares de conteúdos totalmente direcionados ao mercado empreendedor, que vão desde conteúdos para quem quer iniciar na carreira, até textos consultivos direcionados à administração e prospecção de novos negócios. O programa PEGN, da Rede Globo, exibido aos domingos, também se mostra como um excelente canal de difusão do mercado empreendedor, contribuindo com informação e notícia acerca de temas inerentes à atividade empreendedora.

Buscar informação e assessoria especializada são os dois primeiros passos para que busca empreender no Brasil. Tais ações minimizam as chances de erro, reduzem riscos e capacitam o profissional para uma jornada de sucesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *